sábado, janeiro 31, 2004

ELITISMO

Na sua crónica semanal no jornal Expresso (acesso pago), João Pereira Coutinho sustenta, a propósito de Tony Blair ter visto a lei das propinas aprovada pelo Parlamento britânico, que o elitismo produziu grandes sábios da civilização ocidental - como Kant, Hume e Darwin -, pelo que a universidade inglesa retoma agora o caminho da sua secular vocação e admite apenas "os melhores", que devem "pagar o que é justo".
Também me parece que as universidades devem ser autónomas e que as propinas são cruciais na melhoria da qualidade do ensino público. Mas devem pagar mais os que tiverem mais recursos e menos os mais carenciados. No texto de JPC, percebe-se que "os melhores" são os mais ricos, mas ficam dúvidas quanto a saber-se se são os mais inteligentes. Há uma certa confusão entre capacidade financeira e capacidade intelectual.
Se as coisas fossem como JPC escreve, então a civilização ocidental teria de agradecer aos céus o facto de Darwin ter nascido numa família abastada. É que se fosse filho de operários, ainda hoje nos julgaríamos descendentes de Adão e Eva.

sexta-feira, janeiro 30, 2004

JORNALISMO BLOGADO

Dois correspondentes do Libération nos Estados Unidos escrevem sobre as primárias norte-americanas nos seus blogs (aqui e aqui), com a chancela do diário francês.

SITEMETER

Ao navegar por aí, e como sou curiosa, dei com isto.
E eu que ficava admirada com o número de visitas do Abrupto...
Este artigo da Wired esclarece, pelo menos em parte, o motivo de tanto sucesso.

SEM RUMO

O PS anda tão perdido que não consegue sequer tirar vantagem de um Durão Barroso completamente exaltado, que perdeu a compostura e está indisfarçavelmente perturbado pelos escândalos que se sucedem no Governo, como se viu hoje, durante o debate mensal no Parlamento.

quinta-feira, janeiro 29, 2004

E ADEUS INSINUAÇÕES MALDOSAS

Aqui está uma óptima solução para os encalhados fartos dos olhares desconfiados de amigos e familiares que constantemente questionam a sua virilidade.

BLOGS EM DAVOS

Um resumo do que foi dito sobre blogs no último Fórum Económico Mundial.

DAR O SALTO

Andava eu agora mesmo no vício diário de pesquisar casas no portal de imobiliário do Sapo, quando apareceu o que procuro - gosto desta. Agora, é só ganhar coragem para perder de vez a pouca dignidade que me resta, abalada por CD's pirateados, e apostar numa carreira política.

quarta-feira, janeiro 28, 2004

EMAILS E INTERNET

Ao longo dos oito anos em que foi presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton enviou apenas dois emails - num deles foi ajudado e o outro não vale porque era um teste para ver se sabia clicar no botão que diz "send". Esta revelação foi feita ontem pelo presidente da Fundação Clinton, que aproveitou para frisar que não lhe parece que Bush envie muitos. Ora, isto não é desculpa, uma vez que Dick Cheney não criou a Internet.

Nota para os mais preguiçosos, apressados ou esquecidos - vejam o quinto parágrafo a contar do fim, no artigo da CNN. E, já agora, ficam aqui as consequências da afirmação do antigo vice-presidente dos Estados Unidos.

DAVID KELLY

As conclusões do relatório sobre o inquérito à morte de David Kelly são hoje publicadas na íntegra aqui, a partir das 13h30.

terça-feira, janeiro 27, 2004

RETENÇÕES

Quando ouço histórias destas, penso sempre que deve haver um engano, que ninguém com toda aquela responsabilidade correria tantos riscos, sobretudo porque mais cedo ou mais tarde estas coisas sabem-se, devido a jornais sempre atentos a eventuais deslizes ou funcionários que prestam atenção aos documentos que lhes passam pelas mãos. Na maioria dos casos, confirmo que sou demasiado ingénua. Resta-me aguardar e ver como será desta vez.

BANDA SONORA

Lost In Translation é um filme fabuloso com uma banda sonora a condizer. Há uma música dos The Jesus & Mary Chain, Just Like Honey, que me fez lembrar os meus tempos de adolescente, por ser parecida com a que mais ouvia da mesma banda naquela altura, April Skies.
Já tenho o CD, pirateado.
Se calhar, não devia ter dito isto, mas um blog anónimo sem vantagens não tem razão de ser.

ESCRITA

Este site permite-nos escrever no computador com o tipo de letra que usamos quando redigimos à mão. Por enquanto, o serviço é gratuito.

segunda-feira, janeiro 26, 2004

BLOGS

Os blogs de cinco candidatos às presidenciais norte-americanas:
- George W. Bush
- Wesley Clark
- Howard Dean
- John Edwards
- John Kerry
E uma página sobre a posição dos candidatos em relação a determinadas matérias. Pode não estar actualizada, visto que alguns já desistiram da corrida à Casa Branca, mas não deixa de ser interessante.

SEM COMENTÁRIOS

A SIC acabou de mostrar imagens do carro funerário que transporta para Lisboa o caixão com o corpo do Fehér, na auto-estrada.

ACHEGA

Há dúvidas quanto à autoria de um blog atribuído a Anabela Mota Ribeiro. A própria terá garantido publicamente que nunca escreveu aquelas coisas.
Acredito nela, sobretudo porque no final de um post publicado no sábado lê-se: "Mais uma vez obrigado a todos os que me têm enviado palavras de apoio e peço desculpa por não ter respondido. Aos outros, as melhoras".
Bem sei que há até quem diga “obrigados” - como o dono do café onde costumo ir, que agradece por ele e pelo sócio -, mas ainda assim julgo que aquele “obrigado” pode ser revelador. Embora não chegue para confirmar que quem anda a querer tramar a jornalista é o Carlos Pinto Coelho, indica pelo menos que deve ser um homem.

FEHÉR (MAL-ENTENDIDO)

Diz-se aqui que as perguntas devem ser feitas. Concordo. Queremos perceber como foi possível, não nos conformamos.
Talvez não tenha sido suficientemente clara, pelo que vou reformular o que quis dizer.
É óbvio que devemos saber o que se passou exactamente, claro que um jovem de 24 anos não pode morrer daquela maneira sem uma explicação. O que me parece é que há jornalistas à procura de culpados que façam render esta notícia por mais umas semanas.
Será mesmo preciso haver culpa e negligência para ficarmos satisfeitos?

MADRINHA

Entretanto, depois de ter lido o último post do Caso Arrumado - e porque também já falei aqui do artigo do Fernando Madrinha sobre a forma como tem decorrido o caso de pedofilia nos Açores quando comparado com o processo Casa Pia -, não posso deixar de referir que existe de facto um parágrafo no qual o subdirector do Expresso fala dos jornalistas, que é o seguinte:

"Passou cerca de mês e meio sobre as primeiras detenções no caso de Lagoa e ninguém sabe o nome do procurador do processo, se ele é católico ou judeu, se teve ou não um divórcio litigioso, do mesmo modo que se ignora a idade e o estado civil do juiz de instrução, se ele frequenta o ginásio e gosta de andar de mota, ou em provas de todo-o-terreno com jipes 4X4. E, no entanto, a comunicação social ainda não deixou de noticiar nenhum facto relevante sobre o andamento do processo. Ontem chegou a notícia de que o tribunal se preparava para designar um porta-voz ou instalar um serviço de informação para prestar aos jornalistas, com a dignidade requerida, toda a informação essencial. Outra lição a registar".

FEHÉR

Tal como o Bloguítica e o Caso Arrumado, penso que a morte do Fehér está a ser tratada de forma vergonhosa pela maioria dos órgãos de comunicação social.
Além do facto de as televisões não se cansarem de passar imagens do jogador a cair desamparado no relvado, impressiona-me a sensação que se deixa no ar de que, não tarda nada, vão ser apontados culpados. Em quase todas entrevistas a médicos ou dirigentes desportivos, os jornalistas disparam perguntas que vão nesse sentido. Querem saber se na altura da paragem cardíaca foi disponibilizado todo o material necessário, se não era mesmo possível fazer mais nada para salvar o avançado, como pode isto acontecer a um jogador profissional daquele nível, e por aí fora.
Apesar de não ser nada de novo, é bom saber que ainda há quem seja capaz de se indignar.

domingo, janeiro 25, 2004

FOTOGRAFIA CANTANTE

Um misto de horror e humor.

FORÇA

Uma página que mexe (alguns browsers).

BLOGS DE CAMPANHA

Também os políticos franceses começam a render-se aos blogs, enquanto poderosos utensílios de comunicação com potenciais eleitores, durante as campanhas. É o caso de Alain Rousset, candidato às eleições regionais pela Aquitânia.

OPPORTUNITY CHEGOU A MARTE

Sem sobressaltos.

PRESIDENTE À MEDIDA

Os norte-americanos indecisos quanto ao candidato presidencial com que mais se identificam podem agora tirar todas as dúvidas neste site.
Não resisti: imaginei-me nascida e criada nos EUA, e descobri que adoro o Dennis Kucinich.
Se eles o dizem...

sábado, janeiro 24, 2004

A LER

Na American Prospect, um artigo de Robert Kuttner sobre como a eventual reeleição de Bush pode resultar num atentado à própria democracia norte-americana.

A RECONFIRMAÇÃO

A Agência Espacial Europeia anunciou com grande pompa a descoberta de água em forma de gelo em Marte, apesar de a NASA já o ter feito há bastante tempo. Tudo isto é perfeitamente compreensível, se tivermos em conta os recentes sucessos dos norte-americanos e fracassos dos europeus no planeta vermelho.

EMPREGO

Nos dias que correm, não hão-de faltar interessados.

sexta-feira, janeiro 23, 2004

NUS NO MESSENGER

O site iChatnaked.com anda à procura de “beta testers” – cobaias humanas que, através do iChat (o messenger da Apple) e preenchendo alguns requisitos, têm por missão encontrar-se com outras cobaias humanas, em regime de voluntariado. Os requisitos são os seguintes: ter 18 anos ou mais; ser heterossexual, gay ou lésbica (reparem na discriminação dos bissexuais e transgenders); e não usar roupa.
Os heterossexuais, gays e lésbicas de vários países têm aderido de tal forma à iniciativa, que se criou um blog no qual uma tal de Missy confessa não saber como proceder à selecção e, em desespero de causa, lança desafios a advogados.
O José Maria Martins que te ouça, ó Missy...
[via obvious]

ASTRONAUTAS

No site da NASA, podem encontrar biografias de antigos astronautas e de astronautas no activo.

quinta-feira, janeiro 22, 2004

PÂNICO

O Governo aprovou a criação da ficha técnica da habitação. No século XXI, em plena era da informatização, diz o ministro José Luís Arnaut que os compradores terão de guardar o documento por um período de dez anos, findo o qual deverão depositá-lo nas autarquias e nos notários. Eu, que só não perco o que consigo guardar no computador ou a papelada do IRS (mas menos tempo e sabe Deus com que esforço), vou deixar de conseguir dormir se me derem o tal documento! Será que vem plastificado, ao menos?

DESILUSÃO

O Spirit deixou de responder.
SPIRIT UPDATE: - Jan 22, 2004, 10:35 am PST
The Mars Exploration Rover Spirit radioed a beep Thursday morning confirming that it had received a transmission from Earth. Still, it has not returned any data since early Wednesday. Flight-team engineers for NASA's Mars Exploration Rover Project are working to diagnose the cause of communications difficulties.

quarta-feira, janeiro 21, 2004

A EXPLICAÇÃO

Finalmente, percebi por que motivo ando a procurar apartamentos na periferia de Lisboa, apesar de preferir continuar a viver aqui pelo centro: sou uma vítima daquilo a que os franceses chamam "fenómeno do caracol".

MIKEROWSOFT

A Microsoft, em vez de ir chatear alguém do tamanho dela, deciciu implicar com um miúdo de 17 anos, chamado Mike Row, que acrescentou "Soft" ao próprio nome e registou o site www.mikerowsoft.com.
O Mike - e bem - anda a ver se ganha umas massas com esta história toda.

DIFERENÇAS

As atribulações relativas ao processo Casa Pia serviram para que o caso de pedofilia nos Açores seja tratado de forma mais correcta, em vários aspectos. A propósito da lição dos Açores, vale a pena ler este artigo do Fernando Madrinha e saber o que pensa o presidente do conselho distrital da Ordem dos Advogados de Angra do Heroísmo.

terça-feira, janeiro 20, 2004

F*** HITLER! F*** THE NAZIS!

Quase seis décadas depois do fim da Segunda Guerra Mundial e aos 104 anos de idade, Charlie, uma papagaia que pertenceu a Winston Churchill, continua a insultar Hitler e os nazis.
As estrelinhas são do Daily Mirror - a papagaia diz mesmo "fuck".

segunda-feira, janeiro 19, 2004

RENDAS

O Jornal Nacional, da TVI, abriu com uma notícia segundo a qual o Governo prepara legislação no sentido de o valor das rendas de casa ser definido em função dos rendimentos dos inquilinos. Acho que vou passar a pagar menos. Ou isso nunca acontece?
Seja como for, é preciso alguma coragem para alterar esta legislação completamente desactualizada. A medida abrange tanta gente, que em termos de perda de votos não é brincadeira nenhuma. Resta saber como é que vai ser feito.

"MARS EXPLORATION ROVER" EM ANIMAÇÃO

Aqui fica uma fantástica animação que nos leva da Terra a Marte, para compensar o não funcionamento do site com as fotografias da Segunda Guerra Mundial, que espero venha a estar operacional um dia destes.
A viagem a Marte também serve para compensar quem, como eu, ouviu o Presidente da República insinuar que o segredo de justiça deve passar a vincular os jornalistas, e considera a sugestão absurda.

II GUERRA MUNDIAL EM FOTOS

Cinco milhões de fotografias aéreas tiradas por pilotos britânicos durante a Segunda Guerra Mundial estão desde hoje na Internet. Há todo o tipo de imagens, e em algumas vê-se mesmo o fumo do incinerador de Auschwitz. Também o desembarque dos norte-americanos na Normandia foi registado.

sábado, janeiro 17, 2004

UMA DÚVIDA QUE ME PERSEGUE

Porque é que nas fotografias tipo passe que acompanham os artigos de opinião a maioria das pessoas se dá ares de ser pensante, com uma mão por baixo do queixo, a amparar a cabeça, como se esta fosse desmoronar-se a qualquer momento com o peso de tamanha sapiência? Para quem não sabe do que falo, fica aqui um feliz exemplo, com a totalidade das pessoas nessa posição. Contudo, visto que a página não é estática, é provável que deixe de fazer sentido a partir de amanhã (domingo).

SILÊNCIO NA BBC

A Rádio 3 da BBC retransmitiu ontem a obra 4’33’’, que consiste em quatro minutos e 33 segundos de silêncio total e foi composta em 1952 por John Cage. Os ouvintes gostaram sobretudo da sonoridade inconfundível, tão característica do autor.

sexta-feira, janeiro 16, 2004

DEPENDÊNCIAS

Socorro! Estou viciada no portal de imobiliário do Sapo. Tenho a sensação de já ter feito todas as pesquisas possíveis e imagináveis, aparecem-me casas repetidas (que reconheço porque na fotografia há uma gaiola com um canário, na varanda da cozinha), mas mesmo assim não consigo parar. É grave, doutor?

A VOTAÇÃO

Propinas? Contestação à política do Governo para o ensino superior? Tratando-se de festança, nada mais importa.

quinta-feira, janeiro 15, 2004

PRECIOSIDADES

Uma interessante colecção da Universidade da Geórgia, com mais de 800 mapas históricos dos Estados Unidos, alguns dos quais do século XVI. Existe uma forma de ver todos os mapas de seguida - aqui -, mas é preciso um "plugin" que podem encontrar neste site.

COITADO DO HOMEM

Já não se pode interpretar passagens do Alcorão em paz.

A INDIGNAÇÃO, MAS AO CONTRÁRIO

Muitos brasileiros estão a procurar formas de compensar os prejuízos económicos decorrentes das medidas de controlo para os norte-americanos que se desloquem ao Brasil. Ao que tudo indica, estão no bom caminho.

TRANSLATIONS

Em Portugal, perderam-se na tradução e decidiram designar assim o filme "Lost In Translation".

terça-feira, janeiro 13, 2004

NEVE NO PORTO

Foi há 17 anos (14 de Janeiro de 1987) a última vez que nevou na cidade do Porto.

MARTE II

Um blog sobre a missão "Mars Exploration Rover" e as perguntas mais frequentes sobre o planeta vermelho.

LAPSOS E ESQUECIMENTOS

Será que David Justino ainda se lembra que é ministro?

segunda-feira, janeiro 12, 2004

LIMITAÇÕES À LIBERDADE DE IMPRENSA

Não concordo com a ideia defendida pela deputada do PSD Maria Assunção Esteves, segundo a qual o Parlamento deve impor restrições à liberdade de imprensa. Mas isto apenas no que se refere ao facto de ser o Parlamento a fazê-lo, porque quanto às limitações em si, não tenho dúvidas de que são necessárias. Penso é que devem partir dos próprios jornalistas e das respectivas direcções, que têm de começar a cumprir à risca regras básicas de deontologia. Esta mudança deve dar-se a partir de dentro e em todos os órgãos de comunicação social, porque basta que um deles não o faça, e com isso venda mais do que os outros (infelizmente, as pessoas pagam para ler mentiras ou calúnias sem pestanejarem), para que estes lhe sigam as pisadas, numa lógica de sobrevivência financeira.
Note-se que não me refiro à violação do segredo de justiça com vista à divulgação de informações com interesse jornalístico, mas sim a notícias sem qualquer sustentação, que visam apenas prejudicar pessoas ou que, não sendo essa a intenção de quem as dá, correm o risco de virem a revelar-se falsas precisamente pela falta de fundamento. Falo, por exemplo, de algumas informações que se baseiam em fontes anónimas do princípio ao fim e que são desmentidas no dia em que são noticiadas.
Se os mais recentes acontecimentos e todos os debates em torno desta questão não servirem para que essa transformação tenha pelo menos início, aí sim, julgo que a Assembleia da República deve intervir.
Há quem defenda que os jornalistas nunca devem ser previamente impedidos de divulgar uma informação, seja ela qual for. Que deve deixar-se que revelem o que entenderem, nem que sejam falsidades, e depois levá-los a um tribunal que os obrigará a pagar por isso. Que aquele impedimento equivale a regressar ao tempo da censura.
Ora, a censura tinha a ver com restrições à verdade, e eu defendo restrições à mentira. É que quando se dá uma notícia falsa que atinge o bom-nome de alguém, por muito que essa notícia não tenha consistência, não há desmentido ou tribunal capaz de repor a situação que existia antes da sua divulgação. Nunca mais.mesmo
A comunicação social tem a obrigação de informar correctamente, de dizer a verdade. Um jornalista, enquanto tal, não pode publicar o que lhe vem à cabeça. Para isso, cria um blog.

domingo, janeiro 11, 2004

VELHOTES

No seguimento da tentativa de aproximação ao povão que a TVI vem fazendo nos últimos anos, Manuela Moura Guedes começou a dizer “velhotes” em vez de usar a palavra empregue pelos jornalistas das outras televisões – idosos.
Ora, parece-me que este tipo de linguagem não está a produzir os efeitos desejados. Ainda na sexta, por exemplo, fui beber um café à tasquinha em frente à minha casa e ouvi um homem que trabalha na obra ao lado dizer que “a Manuela Moura Guedes nem falar sabe: diz ‘velhotes’”.

sexta-feira, janeiro 09, 2004

CALHA BEM

Um dos maiores lunáticos de todos os tempos vai anunciar na próxima semana que os Estados Unidos pretendem criar uma estação espacial permanente na Lua.

UNIVERSO

Um atlas do universo.

quinta-feira, janeiro 08, 2004

AGENTES IMOBILIÁRIOS

Um destes dias, fui ver o primeiro apartamento de uma série que pretendo visitar nos próximos tempos, até decidir comprar um. Desloquei-me à Luciano Cordeiro preparada para ouvir um agente imobiliário dizer-me as mentiras mais absurdas. Mesmo assim, conseguiu surpreender-me. Não é que, segundo ele, viver em frente ao Elefante Branco “é uma enorme vantagem” porque há sempre polícia por perto?

quarta-feira, janeiro 07, 2004

BOLA

Já tinha visto notícias sobre treinos de futebol. Hoje, pela primeira vez, vi uma reportagem televisiva sobre a reacção de adeptos a um treino. Admito que já gostei mais de futebol, pelo que não tenho estado muito atenta a essa área. Daí a pergunta: já não há jogos?

MIMO

Estou certa de que este link pode dar muito jeito ao PS.

terça-feira, janeiro 06, 2004

SEGREDO DE JUSTIÇA

Alguém que é inocente e se vê implicado, mesmo que indirectamente, num processo tão escabroso como o da Casa Pia tem todo o direito de se indignar. Mas não devia, ainda para mais sendo chefe de Estado, dizer publicamente que um diário violou o segredo de justiça, já que os jornalistas não estão sujeitos a segredos. Além do mais, para que um órgão de comunicação social viole o segredo de justiça, é preciso que tenha havido uma violação anterior por parte de participantes no processo, como, por exemplo, um magistrado ou um arguido. Violar o segredo de justiça é mesmo uma obrigação dos profissionais da comunicação social - que têm o dever de informar -, desde que haja interesse jornalístico. No caso em questão, parece-me que esse interesse existe, uma vez que acredito que o JN quis revelar falhas na investigação sem pretender com isso levantar suspeitas sobre o Presidente da República. Se alguém quis que o nome de Jorge Sampaio ficasse ligado ao processo, foi quem violou de facto o segredo de justiça, ou seja, um participante no processo.
A comunicação social tem de evitar ser usada por interesses obscuros. Nada mais do que isso.

INDIGNAÇÃO

Os Estados Unidos estão indignados porque, desde o dia 1, é tirada uma fotografia e as impressões digitais a todos os seus cidadãos que desembarquem no Brasil. Bem sei que nos Estados Unidos este sistema é aplicado a todos os estrangeiros (excepto aos provenientes de países que pertençam ao programa "visa waiver"), sem visar especialmente o Brasil, e que a medida é justificada com a luta contra o terrorismo, não tendo o governo brasileiro qualquer justificação válida, a não ser a vontade de retribuir na mesma moeda. Agora, que tem piada a Administração norte-americana indignar-se depois de tudo o que já fez, lá isso tem. Se não fosse perigosa, seria cómica.

segunda-feira, janeiro 05, 2004

OS ANÓNIMOS COBARDES (DA MMG)

Na opinião de Manuela Moura Guedes, uma carta anónima é o resultado da cobardia de alguém. Manuela Moura Guedes nunca precisou de escrever uma porque não é cobarde, presume-se. Esperemos que não venha a ter de fazê-lo por saber que, ao pôr o nome na carta, corre o risco de ir desta para melhor.

MARTE

Fotografias da missão "Mars Exploration Rover", com a chancela da NASA, podem ser admiradas aqui. E, já agora, o diário fotográfico do planeta vermelho.

domingo, janeiro 04, 2004

OS POMBOS

Ando a lavar o mesmo lençol há um mês por causa dos pombos gordos que vivem por cima do meu estendal. Todas as semanas, pelo menos duas vezes, mais se estiver bom tempo, lavo aquele lençol. O que faz parte do mesmo conjunto safou-se ao fim de três ou quatro lavagens, mas deste os pombos não desistem. Se continuarem, vou ter de levá-lo à lavandaria. Ou então vou deitá-lo no lixo. Desisto eu.

sexta-feira, janeiro 02, 2004

CONFISSÕES

Aqui confessam-se pecados e frustrações - do género "I am a mail delivery personal and sometimes I open birthday cards adressed to 10 or 11 year olds and steal the money out of them" ou "I cannot ride a bicycle" – anonimamente, e só pela sensação (boa, dizem os responsáveis pelo site) de saber que alguém vai ler. Os exemplos que escolhi fazem parte dos mais inocentes.

quinta-feira, janeiro 01, 2004

AS CABALAS

Evito ao máximo escrever sobre o processo de pedofilia na Casa Pia porque tenho sempre a sensação de que o que é para mim óbvio num dia me parece completamente impossível no dia seguinte. Isso mesmo verificou-se hoje com a questão das cartas anónimas que visam Jorge Sampaio e António Vitorino, e que foram anexadas ao inquérito pelo procurador João Guerra. A questão não passa tanto por saber se deveriam ou não ter sido anexadas, mas pelo facto de serem sempre de pessoas ligadas ao PS os nomes de políticos mencionados no caso Casa Pia. No entender de muitos, isto prova a tese da chamada cabala. Essa tese parece-me possível até uma determinada fase do processo, mas esta insistência em implicar socialistas no escândalo de pedofilia está a tornar tudo ridiculamente exagerado. Ninguém com suficiente capacidade para envolver dirigentes de um partido como o PS num processo deste tipo seria estúpido ao ponto de deitar tudo a perder pelo excesso. Esta situação convém apenas à defesa. Diria mesmo que, tendo o Ministério Público a possibilidade de não anexar as cartas ao inquérito (a Ordem dos Advogados diz que nunca o deveria ter feito), revelou alguma ingenuidade, visto que só prejudicam a acusação.
A haver cabala, há mais do que uma.